O secretário de Agricultura, Industria e Comércio de Guaratinga, Jorge Barreto Brito, foi exonerado do cargo nesta quarta-feira (02). A informação que circulava em bastidores, foi confirmada pelo gabinete da prefeitura, conforme publicação no Diário Oficial dos Municípios, Decreto n° 256.

Nossa reportagem entrou em contato com Jorge Brito e ele informou que o motivo apresentado pela Gestão Municipal para a execução de sua exoneração foi de incompetência por não estar gerindo a pasta da agricultura com as expectativas do governo. “Não nascemos para agradar a todos, principalmente quando você é independente sem ser submisso ao poder, porém, desejo que faça um bom governo, pois acima das nossas vontades está Guaratinga esperando por uma sociedade mais justa e igualitária. Vida que segue!” Enfatizou o ex-secretário.

Jorge Brito ficou na pasta por cinco meses na atual gestão da prefeita Marlene Dantas (DEM). Ele estava em sua terceira gestão como secretário de agricultura, no município, sendo a primeira na época do prefeito Néu do Taxi (2001-2004) e a segunda na administração Ademar Pinto (2009-2012).

“Saio do governo sem mágoas, pois sei que no fundo trata-se de uma posição política”. Concluiu Jorge Brito, que segue sua vida dedicada a agricultura guaratinguense, o que já acontece há quase 30  anos, com uma extensa sequencia de resultados positivos na agroindústria do município, levando em consideração a parceria direta  de cerca de 20 anos com SENAR, FAEB e CNA, que ajudou a desenvolver projetos e cursos que beneficiaram homens e mulheres do meio rural.

Atualmente Jorge é o presidente do MDB (Movimento Democrático Brasileiro) de Guaratinga e presidente do Sindicato dos Produtores Rurais do Município.

Por: guarananet.com

Comentarios

Faça seu Comentario