Geral Justiça Polícia Ultimas Noticias

Prefeitos alvos de operação se apresentam nesta quarta, diz advogado

Defensor dos prefeitos Robério Oliveira (Eunápolis) e Cláudia Oliveira (Porto Seguro), o advogado Maurício Vasconcelos afirmou que ambos vão se apresentar à Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (8). Os gestores não foram localizados pela PF nesta terça-feira (7), quando foi deflagrada a Operação Fraternos.

Eles são acusados, junto com o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, de desvios da ordem de R$ 200 milhões. Em entrevista ao site bahia.ba, Vasconcelos afirmou que Robério e Cláudia não foram encontrados nesta terça porque estavam “em viagem”.

Questionado sobre o motivo de ambos não terem se apresentado mais tarde à PF, o advogado “assumiu” a responsabilidade. “Eles precisavam da minha assistência. Mas não havia voos disponíveis para Porto Seguro. Agora estou em Belo Horizonte, fazendo escala, e devo chegar a Porto Seguro por volta da meia noite. Amanhã cedo vou acompanhá-los à superintendência da PF”, declarou.

Vasconcelos disse ainda que a Justiça negou o acesso ao inquérito e que não era possível ainda “formar juízo” apenas a partir da decisão judicial, já conhecida por ele.

A operação contra os gestores foi autorizada pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1). Os três foram afastados do cargo.

Por: Rodrigo Aguiar / bahia.ba

Comentarios

Faça seu Comentario

Publicidade: