Guaratinga Justiça Ultimas Noticias

Vice-prefeito de Guaratinga é punido, acusado de injúriar e difamar a prefeita Christine Pinto e seu pai Ademar Pinto

Intensa movimentação na manhã desta terça-feira (29) em Guaratinga, quando foi realizada audiência na Vara Crime da Comarca local referente a representação criminal apresentada pela prefeita Christine Pinto Rosa e seu pai Ademar Pinto Rosa, contra o vice-prefeito Ezequiel de Souza Xavier.

Segundo os autos do processo, Ezequiel Xavier é acusado de calúnia, injúria, difamação, envio de áudios pela rede social e sites de relacionamentoWhatsApp ofendendo-os de “cachorros, corruptos, desonestos, malandros, insinuando que a atual prefeita Christine desvia dinheiro público da Prefeitura e passa para o comunicante [Ademar], e se não bastasse ainda ameaçou o senhor Ademar, genitor de Christine, de cortar as mãos e furar seus olhos”.

E mais, “que o tempo todo Ezequiel vem incitando a violência contra a declarante [prefeita Drª Christine Pinto Rosa] e sua família, sendo a última ocorrida no dia 11/3, como se vê nos áudios gravados e apreendidos pela Autoridade Policial”.

Interrogatório e bebedeira

Em interrogatório na Delegacia da Polícia Civil de Guaratinga, Ezequiel Xavier “esclarece que em nenhum momento teve a intenção de caluniar, injuriar, difamar a prefeita, pois foi um momento que estavam em discussão política e todos que estavam na discussão estavam bebendo, sendo momento de desabafo, pois na condição de vice-prefeito desta cidade o interrogado recebe muitos pedidos e pressão dos seus eleitores, pois o interrogado discorda do modo que a cidade está sendo governada… foi simplesmente um desabafo sem nenhuma intenção de denegrir ou ofender a prefeita Christine Pinto. Que o interrogado não foi quem propagou os áudios de suas conversas entre amigos na rede social WhatsApp…”.

Audiência

Em audiência na Vara Crime do Fórum de Guaratinga, após acordo celebrado entre as partes e homologado pela Justiça, Ezequiel Xavier irá efetuar o pagamento de transaçãopenal no valor de R$ 1.908,00 em cinco parcelas de 381,60, através de depósito judicial, valor que será revertido a instituição de caridade.

Mulheres vão às ruas contra a violência

Pacificamente, uniformizadas com camisas alusivas e portando cartazes, senhoras e jovens da comunidade guaratinguense foram em bloco para a porta do Fórum e para as ruas protestar contra o ato de violência perpetrado contra a mulher.

“Mexeu com uma, mexeu com todas”, “Violência contra a mulher… basta!”, “a agressão verbal é uma forma de violência”, “Não se esconda, não se cale, não se omita”, “Todos contra a violência”, “Calar é permitir, denunciar é combater”, são alguns dos cartazes apresentados durante a manifestação.

Por: Idalício Viana

Diga Não a qualquer tipo de violência contra mulheres; Mexeu com Uma, Mexeu com Todas.

Comentarios

Faça seu Comentario

Publicidade: