GeralUltimas Noticias

Agerba multa veículo com embaladores de mamão e esposa do dono do carro desabafa na internet

Arielli Souza Colares moradora de Itabela procurou a redação do Site Giro de Noticias para protestar contra a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba) e tornar público a discussão sobre a regulamentação do órgão que impedem eles de realizarem viagens para fora dos municípios para trabalhar.

“Meus Deus onde vamos parar com tanta injustiça, meu Marido é trabalhador acorda todos os dias 4 horas da manhã, trabalha, batalha, corre atrás mesmo, ai vem tal de AGERBA e da uma multa no carro dele de quase três mil reais alegando que o motorista estar fazendo lotação, lotação nada, ali naquele carro há embaladores de mamão, pais de famílias trabalhadores que arriscam a vida todos os dias para dar o pão de cada dia para os seus filhos” disse.

“Eles fazem isso para não terem que roubar matar e nem traficar, pois eles escolherão uma vida digna e honesta para adquirir o seu próprio dinheiro, mas ai vem essa coisa que se dar o nome de AGERBA e faz uma sacanagem dessas” desabafa.

“Quer dizer que tempo e paciência vocês tem de sobra para ficar multando as pessoas de bem e trabalhadoras, mas tempo para ir à busca de bandidos e políticos corruptos vocês não tem não é mesmo”, explica.

 Pergunta: “Até quando vamos ter que lidar com isso, gente vai ter que fazer algo contra isso, isso não pode de maneira alguma acontecer vamos nos manifestar até chegar às autoridades competentes”, enfatizou.

Poxa vida, carro legalizado, documento em dia quantidade certa de pessoas por que fazer isso, quer dizer que agora vamos ter que ir pro lado mais fácil? Talvez assim sejamos, mas respeitados. Compartilhem para chegar até aos órgãos competentes” finaliza.

O motorista do veiculo, um Siena Prata, placa JON-6848 de Itabela, foi multado pela AGERBA- Agência Estadual de Regulação de Serviços, com base, prestação de serviços de transporte rodoviário intermunicipal sem a permissão do órgão. O valor da multa ultrapassa, R$ 3.000.00.

Por: girodenoticias

Comentarios

Faça seu Comentario