GeralUltimas Noticias

Chuvas causam mortes e deixam mais de 500 desabrigados no Espírito Santo

As chuvas intensas que atingem o Espírito Santo há quatro dias já deixaram pelo menos duas pessoas mortas, vários feridos e 561 fora de suas casas, segundo último levantamento da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, divulgado nesta sexta-feira (15).

Cariacica já soma 28 desalojados. Cariacica e os municípios de Viana, Alegre e Santa Leopoldina decretaram situação de emergência por causa das chuvas.

Em Viana, o Rio Formate transbordou na tarde de quinta-feira, 14, e dezenas de famílias tiveram de abandonar as casas, tomadas de repente pelas águas. A Defesa Civil contabiliza 153 desabrigados e 81 desalojados. A maior parte das famílias foi levada para uma escola de educação infantil.

Os temporais atingiram, ainda, Vitória e cidades da região metropolitana, como Serra e Vila Velha. Na capital, as ruas alagadas impediam a circulação de ônibus. O abastecimento de água foi interrompido parcialmente em Vitória, Serra e Fundão, devido ao alto nível de turbidez das águas captadas no Rio Santa Maria da Vitória, que abastece parte da região. Com as chuvas, a água ficou barrenta.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), visitou as áreas atingidas em Santa Leopoldina, Viana e Cariacica. Segundo a assessoria, o governador anunciou apoio à população atingida, liberando kits de higiene, cestas básicas, colchões e telhas.

Ele disse que a prioridade é recuperar as rodovias e estradas que ficaram intransitáveis para que o socorro possa chegar às comunidades que estão isoladas. “Temos muitas comunidades isoladas no interior e as estradas estão destruídas. Precisamos ainda de muitas máquinas para liberar os acessos e dar apoio às famílias, porque muita gente perdeu as roupas, móveis e não tem água potável”, disse, em nota divulgada pela assessoria.

(Informações: Folha Vitória)

Comentarios

Faça seu Comentario