GuaratingaSaúdeTV GuaraNaNetUltimas Noticias

EM VÍDEO: O enfermeiro Rodrigo Reis tira sua dúvida sobre o uso da dexametasona contra a covid-19

Bastante indicada por profissionais da saúde na área medica a dexametasona é uma medicação de fácil acesso e de alguns dias para cá tem sido bastante procurada por pessoas que acreditam que este remédio é de uso eficaz no combate a covid-19. Antes que a dexametasona desapareça das farmácias, o enfermeiro Rodrigo Reis faz um alerta sobre o uso profilático contra o coronavírus e principalmente em seu período inicial, com sintomas leves. O enfermeiro também esclarece que este medicamento não deve ser tomado sem orientação médica, visto que pode levar ao agravamento do quadro, podendo também a aqueles que consumirem sofrerem efeitos colaterais bastante prejudiciais à saúde.

Em vídeo o enfermeiro Rodrigo Reis tira a sua dúvida com o tema: “O que é a dexametasona e porque não pode ser tomada sem indicação médica?”.

SAIBA MAIS SOBRE A DEXAMETASONA

A dexametasona é um corticoide muito utilizado no tratamento de doenças reumatológicas – como artrite – e alérgicas – tal qual a asma. Ela também está presente em diferentes formatos, como comprimidos, soluções nasais ou até colírios – sob a mais famosa nomenclatura “Decadron”.

A medicação tem função anti-inflamatória e já está presente no mercado há muito tempo – mais especificamente, desde a década de 1960.

Efeitos colaterais

Este corticoide possui dois efeitos colaterais principais. O primeiro é a baixa da produção natural do cortisol ou da hidrocortisona, dois hormônios considerados reguladores do corpo humano.

Outra reação adversa é a indução de uma queda na imunidade, devido à sua ação imunossupressora. Assim como acontece em muitos corticoides, a dexametasona também favorece a retenção de líquidos no corpo, o que pode levar a um aumento de pressão e sensação de inchaço.

Por que não funciona em casos leves?

Se você não teve sintomas mais sérios da Covid-19, a ponto de precisar de respirador ou oxigenação, significa que os seus pulmões não chegaram no nível de ter uma “tempestade de citocina”.

Como já foi falado mais acima, a dexametasona possui efeito imunossupressor, isto é, ela reduz a sua imunidade – o que favorece quando está fora de controle, mas pode atrapalhar se você precisar de uma ação maior dela em casos mais brandos. Tomar o corticoide com sintomas leves poderá impedir que o seu organismo reaja de forma mais eficiente quando for necessário.  Independente do estado da sua doença, é importante que você não se automedique com a dexametasona para o tratamento da Covid-19. Visto que sua atuação no combate à doença possui um objetivo muito específico, tomar o medicamento sem uma indicação médica poderá afetar negativamente na sua recuperação.

Além disso, a sua bula ainda não terá a posologia para infecções pelo novo coronavírus, visto que o estudo – apesar de se mostrar consistente – demanda de maiores dados para que se comprove a eficácia da medicação.

Por: guarananet.com / com informações enfermeiro Rodrigo Reis

Comentarios

Faça seu Comentario