GuaratingaUltimas Noticias

Geólogo aponta possíveis causas para tremores de terra seguidos em Guaratinga

Apesar do Brasil não estar localizado em uma zona de choque de placa tectônica – principal causa para a incidência de abalos sísmicos no mundo -, o município de Guaratinga, tem sofrido com a incidência de tremores na região nos últimos dias. Em menos de 15 dias, um novo tremor de terra de 2,1 graus de magnitude na escala Richter foi registrado na cidade, na manhã de segunda-feira (11). O último tremor foi sentido pelos moradores no dia 28 de janeiro e teve 2,5 graus.

De acordo com o geólogo e professor do Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Marco Botelho, os dois fenômenos podem ser considerados de baixa gravidade, já que não apresentou aspectos graves para a população, como rachaduras no solo. “Se o chão estivesse rachado seria problemático, pois poderia ser um forte indício de fraturas perigosas na região”, ponderou.

O especialista alerta para a necessidade de realização de estudos para entender as causas dos tremores e riscos para os moradores. “Não dá para ter uma exatidão, mas, a partir de estudos, podemos compreender de uma forma maior o que está acontecendo”, destacou.

Por: BN

Comentarios

Faça seu Comentario