GuaratingaUltimas Noticias

GUARATINGA: Fiscalização da prefeitura fecha bares e boate em combate ao coronavírus

Uma ação conjunta entre a prefeitura de Guaratinga, através das secretarias de Meio Ambiente e Saúde, com a participação da Vigilância Sanitária e da Policia Militar realizou no último final de semana, tanto na sede e povoados fiscalizações após decreto municipal 083/20, que resultou no fechamento de bares e bote, com aplicação de multas e interdições.  Esta é mais uma medida aplicada pela prefeitura visando conter a proliferação do coronavírus (Covid-19) no município.

A Policia Militar acompanhou de perto toda ação para garantir a segurança de todos / Fotos: ASCOM-PMG

No sábado, dia 21, a fiscalização interditou e multou um bar na cidade de Guaratinga, onde aglomerava pessoas a cima do proposto no Decreto Municipal.

No domingo (22) os agentes públicos percorreram o interior do município. No povoado de Cajuíta, pelo menos um bar e uma boate foram interditados temporariamente. Lá os agentes também visitaram outras localidades comerciais, onde foram feitas orientações e conscientizações sobre o momento de extrema cautela sobre como atender a população sem ocasionar riscos de saúde. Em São João do Sul, os ambientes fiscalizados não excederam o limite de pessoas, mas as informações de precauções foram repassadas.

A ação de fiscalização visa conter a proliferação do coronavírus (Covid-19) no município

Pelo que se percebe grande parte da população do município guaratinguense ainda não entendeu a gravidade do problema ou se recusa a acatar as medidas de prevenção, o que acaba expondo muita gente aos riscos eminentes de contrair o coronavírus. Uma reunião que aconteceu na manhã deste domingo (22), entre a prefeita Christine Pinto e secretários municipais, seguindo orientações do Ministério da Saúde, da Organização Mundial de Saúde e governos Federal e Estadual, teve como intuito de rever novas ações que serão implementadas no município em decorrência do covid 19, com possibilidades de haver o fechamento de todo comércio exceto as lojas essenciais a população.

De acordo com o secretário de meio ambiente, Adalberto Oliveira e do coordenador de vigilância sanitária, Adler Gobira, as ações de fiscalização no município continuarão.

Por: Estevão Silva – guarananet.com

Comentarios

Faça seu Comentario