GuaratingaPolíciaUltimas Noticias

GUARATINGA: População revoltada ateia fogo em casa de assassino

Por volta das 08:00h da manhã desta terça-feira (29), a população do conjunto habitacional Enedina Moronary, antiga AABB, na cidade de Guaratinga, ateou fogo na casa do autor do assassinato de Adilson de Jesus Oliveira de 45 anos de idade. Revoltados com a violência contra o criminoso conhecido pelo pré-nome de “Virgulino”, que convivia com uma mulher conhecida por “Tiquinha”, os moradores arrombaram a casa, quebraram moveis e atearam fogo chamando a atenção para o caso. As chamas do fogo colocado nos moveis do lado de fora da residência não se alastraram com muita gravidade pela casa e logo se apagou. O crime que vitimou Adilson aconteceu na última segunda-feira (28) e chocou os populares, que querem justiça.

De acordo com informações obtidas no local do incêndio, populares iniciaram a ação tentando linchar a mulher do assassino, pois eles acreditam que ela teria sido a pivô do crime. Eles acreditam ainda, que ela teria propositalmente atraído Adilson até sua residência, onde foi atacado com golpes de faca na cabeça, por “Virgulino”. Moradores relatam ainda que momentos antes do crime o autor teria conversado com a vítima sem qualquer aparência de desentendimento.

Outros relatos ainda dão conta de que, o casal teria brigado durante a madrugada anterior ao crime, provocando muito barulho e impedindo que a vizinhança pudesse dormir, o que entre eles, era algo rotineiro.

A mulher conseguiu fugir dos populares e o autor do crime está foragido desde o momento em que cometeu o homicídio. A motivação do crime ainda é desconhecida, mas a Polícia Civil está investigando o caso.

A vítima Adilson de Jesus Oliveira, que era apelidado por “Maxixe” era considerada pelos populares e amigos, como sendo um homem tranquilo e servidor. Não tinha residência fixa e em troca de favores acabava pernoitando e se alimentando em lares diferentes de pessoas que o acolhiam pela sua generosidade.

O corpo de Adilson foi velado na residência de parentes e posteriormente sepultado na manhã desta terça-feira, no cemitério da cidade de Guaratinga.

Por: Estevão Silva – guarananet.com

Comentarios

Faça seu Comentario