Guaratinga Justiça Ultimas Noticias

Justiça decreta prisão preventiva da dupla que cometeu homicídio em Guaratinga

Em atendimento ao pedido do delegado de Policia Civil, Dr° Robson Domingos Andrade, a Justiça de Guaratinga transformou a prisão em flagrante em preventiva de Fredson Santos Silva, 29 anos e Mayco Reis de Santana, 26 anos,  suspeitos de terem cometido homicídio contra do jovem Darlan de Jesus Santos, 18 anos. A decisão do juiz da Vara de Jurisdição Plena da Comarca de Guaratinga, Dr° Rodrigo Quadros de Carvalho foi publicada no diário oficial do último dia 06/08. Os dois acusados já se encontram detidos desde o dia posterior ao acontecimento do crime.

O juiz considera em sua decisão, a necessidade da manutenção da prisão processual, as provas da materialidade do delito caracterizados nos documentos carreados no feito, que demonstram estarem os inculpados Fredson e Mayco, em tese, envolvidos nas capitulações criminosas que justificaram as prisões em flagrante.

Ainda de acordo com o juiz, as autorias do crime segundo as testemunhas ouvidas naqueles termos, são os próprios flagranteados, havendo ainda indícios de serem portadores de periculosidade acentuada, porém, apesar de não se ter ainda uma convicção absoluta acerca dos fatos ora arrolados, os indícios levam a crer que os referidos indiciados vem praticando, reiteradamente as condutas delituosas narradas nos autos, pelo que presentes os requisitos necessários à manutenção da custódia cautelar.

Fredson Santos Silva e Mayco Reis de Santana estão detidos desde o dia posterior em que cometeram o assassinato em Guaratinga. Eles são acusados de ter tirado a vida Darlan de Jesus, a golpes de pauladas e faca, na noite do dia 29 de julho deste ano, em uma residência na Rua 25 de Dezembro e em seguida desovado o corpo em outra localidade. Na manhã seguinte, a Policia Militar conseguiu chegar até os culpados e prendê-los, sendo os mesmos apresentados ao delegado do caso, Dr° Robson Domingos Andrade, que abriu apuração do crime.

Por: Estevão Silva – guarananet.com

Comentarios

Faça seu Comentario