JustiçaUltimas Noticias

MP-BA tem reunião no dia 6 para debater situação de comunidades atingidas por óleo

No próximo dia 6 de novembro, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) terá reunião para discutir os efeitos das manchas de óleo que atingem o litoral do estado. No último dia 24, a Promotoria de Justiça Regional Especializada em Meio Ambiente, com sede em Mata de São João, decidiu instaurar um inquérito civil para apurar a poluição causada pelo óleo nas praias e estuários da região litorânea.

O objetivo do encontro, que acontecerá na sede do órgão ministerial no bairro de Nazaré, em Salvador, é discutir os possíveis danos à saúde das pessoas que exerçam atividades de contato primário com a água, incluindo banho, mergulho, pesca e esportes em geral.

Representantes de comunidades de pescadores e marisqueiras do litoral baiano entregaram uma carta aberta aos membros dos MP-BA e do Ministério Público Federal (MPF) relatando os prejuízos enfrentados por eles. No documento, eles solicitam que seja analisada a qualidade da água e do pescado nas suas comunidades para verificar se existe ou não contaminação.

 

 

Por: A Tarde

Comentarios

Faça seu Comentario