GUARATINGA – O Ministério Público Estadual (MPE) e o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) recebeu uma denúncia de suposto nepotismo praticado na atual gestão da prefeita Marlene Dantas (DEM), no município de Guaratinga. A denúncia foi apresentada pelo vereador Rodrigo Moreira Reis (PCdoB), que aponta nomeações em cargos do serviço municipal publicadas no Diário Oficial Eletrônico. Entre as nomeações estão sobrinhos, genro e cunhado da gestora. Os órgãos competentes devem investigar outros nomes que não foram citados na denúncia, porém, tem graus de parentescos com a prefeita e também foram nomeados.

As nomeações ocorreram no Departamento de Compras, Departamento de Recursos Humanos, para Chefe de Divisão CC7 e Coordenação de Transporte Escolar.

O Nepotismo ocorre quando um agente público usa de sua posição de poder para nomear, contratar ou favorecer um ou mais parentes. O nepotismo é vedado, primeiramente, pela própria Constituição Federal, pois contraria os princípios da impessoalidade, moralidade e igualdade.

A prefeitura ainda não se manifestou sobre o assunto. O espaço no site está aberto para os esclarecimentos à população.

Confira na integra a denúncia protocolada no MPE e TCM:

CLIQUE NA IMAGEM

Comentarios

Faça seu Comentario